quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Descartável, de Luiz Alves

Descartável

Não foi por peso na consciência que abolimos a escravidão,
e sim porque era um mau negócio. Então tornamos os escravos
descartáveis, criando o trabalhador assalariado.
Poluímos mais a sociedade com o desemprego,
mas reduzimos os prejuízos e ampliamos os lucros.

Os copos de vidro, se duram a vida toda, dão prejuízo
para quem os vende; se quebram, para quem os compra.
Então criamos os copos descartáveis.
Poluímos mais o meio ambiente,
mas reduzimos os prejuízos e ampliamos os lucros.

Os eletrodomésticos eram caros, mas eram bons
e duravam por muito tempo. Ganhava-se um bom dinheiro,
mas poderia fazer melhor. Então baixou-se os preços.
E reduziu-se a qualidade, tornando-os descartáveis.
Polui-se mais o meio ambiente, mas reduziu-se os prejuízos
e ampliou-se os lucros.

A música é boa, sempre foi, e algumas se tornaram inesquecíveis.
Mas alguém queria ganhar mais dinheiro com isso.
Então criaram as músicas descartáveis.
Poluiu-se mais a musicalidade,
mas reduziu-se os prejuízos e ampliou-se os lucros.

O amor tornou-se descartável. Vulgarizamos, rebaixamos...
dizendo "eu te amo" de maneira barata e fútil.
Poluímos mais nossos próprios corações, mas as novelas
reduziram os prejuízos e ampliaram os lucros.

A vida, antes, era um milagre. Mas também tornou-se um negócio.
Destruímos seu valor, antes inestimável,
por diversos meios diferentes: por conta do dinheiro,
da ganância, das drogas, do ibope, do território, do poder, do status.
Poluiu-se mais e mais a humanidade, mas...
reduziu-se os prejuízos e ampliaram-se os lucros.

Luiz Alves


Mais textos de Luiz Alves em seu blog www.lual-rp.blogspot.com

***

2 comentários:

Naty Ansbach disse...

Que deliciaaaa e que saudades dessa madrugada gostosa!!
Assim que der vou voltar.
Beijos
Naty Ansbach.

Ivanete disse...

Noite agradavel e inesquecível, assim descrevo nossa 1º vez no corujão...
muito obrigada João Luiz, com certeza seremos figurinhas permanentes....
beijos!!!!
Ivanete Povoa e Lívio Tollezan

Expediente

Natália Parreiras [Redação, Edição, Assessoria de Imprensa, Parcerias e Co-produção do evento]
Educadora licenciada em Letras pela UFPE.
Tem três livros de poesia publicados e atualmente prepara o quarto e o quinto títulos.
Mais em: http://www.sonatainsone.blogspot.com/

Tatiane Rangel [Idealização e fundação do Blog]
Formada em Comunicação Social/Jornalismo pela PUC-Rio.
Mais em: http://www.sohamsoham.blogspot.com/

Contato

Entre em contato pelo endereço contato@corujaodapoesia.com

Licença para uso do conteúdo

Licença Creative Commons
A obra Blog Corujão da Poesia - Universo da Leitura de Blog Corujão da Poesia - - Universo da Leitura foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Brasil.
Com base na obra disponível em corujaodapoesiaedamusica.blogspot.com.